De olho no Português

NÃO MALTRATE O PORTUGUÊS

pasquale-paulo-coelhoObservem que interessante as explicações e interpretações do professor Pasquale para ditos populares:

HOJE É DOMINGO, PÉ DE CACHIMBO.., e eu ficava imaginando como seria um pé de cachimbo, quando o correto é:
HOJE É DOMINGO, PEDE CACHIMBO… (fumar um cachimbo)
E tem o PÉ-DE-MOLEQUE… A mulher fazia o doce caramelizado de amendoim e punha pra esfriar na janela. A molecada roubava… então ela gritava: NÃO PRECISA ROUBAR! PEDE, MOLEQUE!

E a gente pensa que repete corretamente os “ditos populares”.

No popular se diz: Esse menino não para quieto, parece que tem bichocarpinteiro. Minha grande dúvida na infância…. Mas que bicho é esse que é carpinteiro, um bicho pode ser carpinteiro???”

Correto: Esse menino não para quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro. “Tá aí a resposta para meu dilema de infância!”

Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.

Enquanto o correto é:  Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão. “Se a batata é um caule subterrâneo, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparramaria pelo chão se ela está embaixo dele?”
Cor de burro quando foge.

O correto é:

Corro de burro quando foge.

Esse foi o pior de todos!

Burro muda de cor quando foge??? Qual cor ele fica??? Porque ele mudaria de cor???”
Outro que no popular todo mundo erra: Quem tem boca vai a Roma.

Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar…

O correto é: Quem tem boca vaia Roma. (Isso mesmo, do verbo vaiar).

Outro que todo mundo diz errado,
Cuspido e escarrado – quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa.

O correto é:

Esculpido em Carrara. (Carrara é um tipo de mármore)
Vai dizer que você falava sabendo o sentido correto de algum desses?????

A LÍNGUA PORTUGUESA AGRADECE!