Trânsito muda no Centro

 

foto-casal-dia-dos-namorados elizaA Polícia Civil reconstitui agora pela manhã o acidente que vitimou a cantora Eliza Clívia, ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró, e o marido dela, o baterista Sérgio Ramos, no dia 16 de junho no cruzamento das ruas Maruim e Arauá, no centro da capital . Os músicos estavam em Aracaju para fazer um show. O tráfego de veículos está interrompido em alguns trechos da área.

Tráfego alterado – Os trechos afetados são: cruzamento da rua Capela com rua Propriá; cruzamento da rua Santa Luzia com rua Itaporanga; e cruzamento da rua Lagarto com rua Maruim. A previsão da Superintendência Municipal de Trânsito e Transporte é que a interdição termine até o meio-dia desta quarta-feira.

Linhas de ônibus – Durante toda a manhã, os ônibus que circulam por esses locais também serão desviados para as vias mais próximas. As linhas afetadas são: 031-Eduardo Gomes/Desembargador Maynard; 033-Terminal Rodoviário/Desembargador Maynard; 707-Castelo Branco/Centro; 715-Tijuquinha/Desembargador Maynard; 032-Tijuquinha/Osvaldo Aranha; 061-Marcos Freire/Centro; 062-Piabeta/Centro; 064-Albano Franco/Centro; 065-Marcos Freire II/Centro; 072-Barra dos Coqueiros/Centro; 074-Unit/Centro; 605-18 do Forte/Centro; 614-Sanatório/Centro; 615-Bugio/Centro; 701- Centro; 711- DIA/Nova Saneamento.

Eliza clivia cantora mortaTragédia – Eliza Clívia, 37 anos, era paraibana e havia deixado a banda Cavaleiros do Forró há quatro meses para se lançar, ao lado do marido, em carreira solo. Além do casal, que morreu na hora, três pessoas da equipe estavam no veículo e foram internados. Dois receberam alta, mas o motorista Cleberton José dos Santos continua internado em estado grave, segundo informações do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).