Museu da Gente resgata a história dos sergipanos

Que tal um passeio pela cultura sergipana num espaço altamente interativo com acesso gratuito e ponto de busão na porta? Estamos falando do Museu da Gente Sergipana, instalado no centro de Aracaju, uma boa opção para o fim de semana. Mas atente para os horários! O museu abre aos sábados e domingos das 10h às 15h.
museu da gente bodega
O espaço tem um rico acervo da cultura sergipana que é mostrada com recursos multimídia de última geração. Tem também coleções de cordéis, joguinhos interativos e outros do passado, como o pião e a amarelinha, e livros de autores sergipanos que podem sem consultados no local.
museu da gente sergipana personagens ilustres
Os trajes típicos de Sergipe, se ajustam ao corpo do visitante por meio de recursos multimídias. Usando esta mesma ferramenta, o visitante pode ouvir a história contada por ilustres sergipanos do passado, como Tobias Barreto, Maria Thétis Nunes, Arthur Bispo do Rosário, e até o polêmico Lampião.  Pode também “comprar” produtos da terra numa bodega virtual, conhecer os termos usados em Sergipe, e “viajar” pelos biomas típicos de Sergipe.
História –  O prédio onde funciona o Museu foi construído na década de 20 para abrigar o Colégio Atheneu. Na década de 50, com a mudança da escola para a sede onde até hoje funciona, passou a abrigar órgãos públicos até ser desativado em 1996. A partir daí, ficou 13 anos abandonado, tendo sido bastante depredado. Em 2009, o Banco do Estado de Sergipe (Banese) e o Governo do Estado transformaram o belíssimo prédio de 1926 no Museu da Gente Sergipana, inaugurado em 26 de novembro de 2011. O valor total da obra foi de R$ 22 milhões.
O Museu da Gente Sergipana fica na avenida Ivo do Prado, 398, centro de Aracaju, bem próximo à avenida Barão de Maruim. Durante a semana está aberto a partir da terça- feira, das 10h às 16h.